CONECTA FIBRA ÓTICA SALINAS MG

CONECTA FIBRA ÓTICA SALINAS MG
CLIQUE NA IMAGEM

4 de fevereiro de 2013

Estado e município se unem para combater a dengue em Salinas


Ações de prevenção e combate à doença mobilizam
agentes e população do município

Devido ao período de chuva, que favorece a formação de focos do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, a secretaria municipal de Salinas, no Norte de Minas, inicia uma série de ações de prevenção e combate à doença.
A partir do dia 11 de fevereiro, a Vigilância em Saúde, em parceria com a Atenção Primária, realizará um mutirão de limpeza e conscientização para eliminar focos e combater ao mosquito. Segundo o secretário municipal de Saúde, Laerte Matheus, o mutirão será realizado em todos os bairros da cidade.
O secretário explica que durante a ação os agentes comunitários de saúde visitarão cada imóvel distribuindo panfletos e cartilhas com informações sobre os riscos, prevenção e sintomas da Dengue. “Durante a visita dos agentes ao bairro, um carro de som passará por todas as ruas avisando a comunidade para colocar o lixo que acumula água para fora de suas casas. No dia seguinte, os agentes de endemias visitarão cada imóvel auxiliando os moradores a separar o lixo, que será recolhido pelos carros da secretaria de Saúde. O material reciclável será encaminhado à recicladora”, explica Laerte.
O secretário observa que o mutirão irá priorizar os bairros com maior índice de infestação do Aedes aegypti de acordo o Levantamento de Índice (LI). “Mas todos os bairros participarão do mutirão”, ressalta.
Para mobilizar a população, foram afixadas várias faixas por todo o município alertando a população e convocando a todos a fazer sua parte no combate a dengue.
Reforço
Situada no Vale do Rio Pardo, no Norte de Minas, Salinas possui 39.094 e é polo da microrregião que integra dezesseis municípios, com população de cerca de 202.747 habitantes.
Neste ano foram notificados 49 casos de dengue no município e o índice de infestação do aedes aegypti ultrapassa os 3% em alguns bairros, quando o máximo preconizado pelo Ministério da Saúde é de 1%. “Por isso estamos realizando essa ação, para evitar que o mosquito se prolifere”, explica Laerte.
Na última terça-feira, 29 de janeiro, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros realizou uma capacitação para médicos do município sobre o manejo clínico da dengue, destacando a importância da notificação dos casos suspeitos para melhor assistência e acompanhamento dos casos. “Além da preparação do serviço para atender à demanda, a notificação mobiliza a equipe de endemias para realizar o bloqueio na área em que ocorreu a suspeita do caso”, ressalta Catarina Veloso, médica da Vigilância Epidemiológica da SRS Montes Claros, que ministrou a capacitação para os médicos.
A superintendente Olívia Pereira de Loiola explica que a unidade regional está se mobilizando para ajudar aos municípios a enfrentar a dengue. “Os técnicos da Superintendência estão alinhados com todos os municípios da nossa jurisdição, ministrando treinamento para os agentes, de forma que todos estejam preparados para enfrentar o desafio que é vencer a dengue. Salinas sofreu com enchentes e estamos todos mobilizados para evitar que o problema se agrave”, garante.
Segundo a superintendente, no período de 04 a 08 de fevereiro, a SRS Montes Claros realizará a capacitação dos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde do município. “O combate à dengue é uma guerra e o Norte de Minas está unido para vencê-la”, desafia a superintendente.


Pesquisar este blog